Friday, May 26, 2017

@Cycling history of the @Portuguese @cyclists in the @GiroDItalia #Portugal

Acacio da Silva  is by far the best Portuguese history of the Giro Italy. Admittedly José Azevedo has the best final ranking among all national cyclists who participated in the race (5th place in 2001), but Acacio has 5 wins in stages and honored to have worn the pink jersey, leader symbol, for 2 days in the 1989 edition.

A national presence in the Giro is not particularly significant. This was proof that rarely deserved special attention by the Portuguese cyclists  The records indicate that the debut of cyclists of Portugal happened only in 1976. At the time . Joaquim Agostinho  and Fernando Joaquim Mendes (both at the service of the Spanish Teka) advanced to the transalpine race but only Mendes (17) would manage to finish. Agostinho was forced to leave
.
1995, Portugal's only ever team  present in the Giro, the Sicasal-Acral


Acacio da Silva 5 stage winner Giro of Italy - 7th overall 1986

Acacio da Silva honor by Portuguese top newspaper O Record   http://www.record.xl.pt/modalidades/ciclismo/detalhe/acacio-da-silva-homenageado-975740.html



Acacio Silva 5 stage winners and a 7th place finish in 1986

+
Jose Azevedo with a 2nd place finished - 5th overall 2001



AndreCardoso 3rd @Giro  finished  99th edition in 14th place after 20th, and 21st

Image may contain: one or more people

2017 Rui Costa   3 - 2nd place finishes in the 100 Giro D Italia


1976

17º Fernando Mendes (Teka)

Abandono: Joaquim Agostinho (Teka)

1982

78º Acácio da Silva (Royal-Wrangler)

1983

97º Acácio da Silva (Eorotex-Mavic)

1984

23º Acácio da Silva (Malvor-Bottechia)

1985

33º Acácio da Silva (Malvor-Bottechia)

* Somou 2 vitórias de etapas

1986

7º Acácio da Silva (Malvor-Bottechia)

* Somou 2 vitórias de etapas

1989

48º Acácio da Silva (Carrera)

* Somou 1 vitória de etapa (venceu uma etapa de montanha, no monte Etna) e vestiu a camisola rosa durante 2 dias

1990

49º Acácio da Silva (Carrera)

1991

57º Acácio da Silva (Festina-Lotus)

1992

46º Acácio da Silva (Festina-Lotus)

1993

73º Acácio da Silva (Festina-Lotus)

116º Américo Silva (Artiach)

Abandono: Orlando Rodriges (Artiach)

1995

41º Quintino Rodrigues (Sicasal-Acral)

83º Joaquim Gomes (Sicasal-Acral)

91º Serafim Vieira (Sicasal-Acral)

Abandonos: Manuel Abreu, Carlos Pinho e Pedro Silva (todos da Sicasal-Acral)

1996

78º Quintino Rodrigues (Kelme-Artiach)

1999

51º Orlando Rodrigues (Banesto)

2000

66º Orlando Rodrigues (Banesto)

89º Cândido Barbosa (Banesto)

2001

5º José Azevedo (Once)

2012 
20th Tiago Machado 

2013 
36. Tiago Machado 
61. Bruno Pires 
81. Nelson Oliveira
145. Ricardo Mestre


Andre Cardoso finished overall 20th, 21st, 14th



2014 
20. Andre Cardoso 

2015
21. Andre Cardoso
97. Sergio Paulinho
149. Fabio Silvestre

2016
14th Andre Cardoso

2017 
Rui Costa 27th place finished 
Jose Mendes 48th 
Jose Goncalves  60th 



..........................................................................................................

Acacio da Silva 5 Giro stage winners

Acácio da Silva (Malvor-Bottechia)

1985 8.ª b Foggia - Matera 167 km

1985 10.ª Crotone - Paola 203 km

1986 9.ª Avezzano - Rieti 172 km

1986 21.ª Bassano del Grappa - Bolzano 234 km

Acácio da Silva (Carrera)

1989 2.ª Catania - Etna 132 km

..........................................................................................................

DESTAQUES

1976

Fernando Mendes, meritório 17.º lugar na Geral

1985

* Acácio da Silva, 2 vitórias de etapas:

. Foggia-Matera (8.ª etapa-b)

. Crotone-Paola (10.ª etapa)

Nota: Acácio da Silva foi o primeiro a passar nas montanhas de:

. San Eusebio (574m - 3.ª etapa)

. Costalunga (1.745m - 4.ª etapa)

. Monte Scuro (1.618m - 10.ª etapa)

. Forca d'Acero (1.535m - 14.ª etapa)

Acácio foi 4.º na Geral do Prémio da Montanha

1986

* Acácio da Silva, excelente 7º lugar na Geral e 2 vitórias de etapa:

. Avezzano-Rieti (9.ª etapa)

. Bassano del Grappa-Bolzano (21.ª etapa)

Nota: Acácio da Silva foi o primeiro a passar na montanha de:

. Gardena (2.121m - 21.ª etapa)

Nota: Acácio da Silva esteve excelente no Giro de 1986, almejando 2 vitórias de etapas e o 7.º lugar na Geral. Portugal descobria nesse ano um novo herói que, por força das circunstâncias, fez toda a sua carreira no estrangeiro, obtendo por isso variadíssimos lugares de destaque nas principais corridas europeias. Em 1989 tornar-se-ia o primeiro lusitano a vestir a maglia rosa no Giro, feito que conseguiria mais tarde no Tour.

1989

* Acácio da Silva, 1 vitória de etapa:

. Catania-Etna (2.ª etapa) etapa de montanha, no monte Etna

Acácio foi 2 dias camisola rosa do Giro

Nota: Acácio da Silva foi o primeiro a passar nas montanhas de:

. Etna (1.302m - 2.ª etapa)

. Cento Croci (1.059m - 20.ª etapa)

1991

Nota: Acácio da Silva foi o primeiro a passar nas montanhas de:

. Calvario (1.112m - 5.ª etapa)

. Colle Della Croce (1.163m - 5.ª etapa)

. Dell'Arone (509m - 7.ª etapa)

. Bocco (965m - 11.ª etapa)

. Camogli (254m - 11.ª etapa)

. Castello di Serie (657m - 19.ª etapa)

1992

Nota: Acácio da Silva foi o primeiro a passar na montanha de:

. Santo Pantaleone (1.645m - 18.ª etapa)

1995

* A Sicasal-Acral foi a única equipa portuguesa a participar na prova até hoje

2001

* José Azevedo, excelente 5º lugar na Geral

Nota: Azevedo foi segundo na 18.ª etapa. José Azevedo brilhou a grande altura no Giro de 2001, obtendo o 5.º lugar final, a melhor classificação portuguesa de sempre. No entanto, a sensação que ficou é de que poderia ter ido ainda mais longe, não fosse a circunstância de ter de trabalhar para Olano, factor que o impediu de chegar ao pódio.